segunda-feira, 29 de novembro de 2010

AFINAL CHOVEU



 Enganei-me redondamente...choveu o dia todo e o resto da semana parece que vai ser assim! Vale-me o feriado de Quarta-feira que apesar de ser um replay do dia de ontem,vou aproveitar para iniciar as minhas decorações de Natal.
Adoro esta época,gosto das lojas nesta altura,gosto de pôr a minha casa bonitinha,agrada-me o cheiro a canela,enfim adoro o Natal.No entanto este ano sofro por antecipação pois vai ser muito difícil passar o Natal,festa de família,sem a família completa!
Que saudades daquela noite em que a apanhei a descer as escadas carregada de embrulhos,e em que descobri que não é o Menino Jesus que nos traz os presentes!...Ele dá-nos é força para seguir em frente.

domingo, 28 de novembro de 2010

AAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

  

Apetece-me gritar......paciência tem limite!!E lá se foi o meu relax de ontem....mas calma amanhã será outro dia lindo de sol (mas muito frio-ai a minha gripe!) mas será segunda feira e já não tenho aulas e poderei ficar atirada no sofá.

sábado, 27 de novembro de 2010

TUDO A QUE TENHO DIREITO.....

Primeiro sábado desde há muito tempo,em que sou "senhora"do meu tempo:comecei o dia a acordar sem despertador, seguido de uma ida ás compras (que um "trapinho" novo já fazia falta no meu armário,)regresso ao meu SPA com tratamento completo e vou terminar o dia com um jantar com bons amigos....Mereço um
dia assim...tudo a que tenho direito!


                            

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

WE ARE THE WORLD-25 ANOS DEPOIS



Qualquer campanha de solidariedade é sempre bem vinda...25 anos depois esta nova versão para ajudar o Haiti  faz-nos pensar que em Portugal queixa-mo-nos muito da "crise" mas na realidade há quem passe por situações muito piores e das quais vão demorar muito a ultrapassar...
A música continua linda!

APRENDEMOS COM A BANDA DESENHADA

                         


È sempre muito bom rever os desenhos animados que marcaram a nossa infância...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

ENCERRANDO UM CICLO



Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final.
Se insistirmos em permanecer nela mais que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos – não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedido do trabalho? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu.
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus filhos, seus amigos, sua irmã, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardio, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora.
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração – e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixa ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceites, promessas de emprego que não tem data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”. Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa – NADA É INSUBSTITUÍVEL, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode ser difícil, mas é muito importante. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.

Paulo Coelho

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

É OFICIAL! TERMINEI....





Boa noite a todos:

É oficial...terminei o Curso de Complementos de Formação esta noite e embora ainda me falte sair as notas de seis unidades curriculares (já as considero como "favas contadas..." espero que não dê azar!)estou muiiiiiiiiiiiiiiiito FELIZ e gostava de partilhar este momento. Fechei mais um ciclo da minha vida e outros ciclos virão.

domingo, 21 de novembro de 2010

SE O HOMEM PENSASSE....



Se o homem pensasse como o pássaro…festejaria cada amanhecer com uma linda canção.
Se o homem pensasse como o cavalo…ultrapassaria os obstáculos com classe, firmeza e determinação. 
Se o homem pensasse como o cão…faria do amor uma constante troca de carinho, lealdade e fidelidade. 
Se o homem pensasse como o gato…teria calma e equilíbrio em qualquer dificuldade
Se o homem pensasse como a abelha…constataria que nada se constrói sozinho. 
Se o homem pensasse como a formiga…veria que trabalho e sucesso trilham o mesmo caminho. 
Se o homem pensasse como a baleia…veria a importância do poder da solidariedade
Se o homem tivesse a pureza e a simplicidade de ser dos animais…a paz mundial deixaria de ser um sonho e seria uma realidade.

(Autor desconhecido)

sábado, 20 de novembro de 2010

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

PROJECTO DE INTERVENÇÃO SÓCIO EDUCATIVA

Os Projectos de Intervenção Sócio Educativa são muito importantes porque incentivam à mudança.Estes projectos nascem de um desejo de mudar uma realidade,"são acções estruturadas,intencionadas e pensadas" por um grupo que parte do diagnóstico de uma realidade,de um determinado problema,para contribuir para uma melhoria da situação.
Um projecto pode ser considerado uma ponte entre os nossos desejos de mudar a situação e a realidade.Sabendo que a Escola tem um conjunto de responsabilidades na formação integral das crianças,é importante que todos,docentes ou não,devam intervir na mudança de comportamentos.Os Educadores têm sem dúvida,força na mudança de comportamentos!Por nos apercebermos de determinadas situações diagnosticamos determinadas situações e temos a possibilidade de tomar decisões e de nos mobilizarmos para a sua resolução.Poderemos dizer que temos um duplo papel:de investigadores e Educadores.Por esse motivo um Projecto de intervenção caracteriza-se por ser um projecto de Investigação/Acção.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

PROJECTO GRAU ZERO

                           


Falaram-me deste projecto que achei super interessante, sobretudo para quem trabalha em creches...para um primeiro contacto com a pintura nada melhor do que tintas comestíveis. É isso mesmo:os pigmentos são feitos a partir de produtos alimentares.O castanho,por exemplo,é  uma pasta de alfarroba.Há coisas fantásticas,não há?
Criatividade,originalidade,liberdade,enfim...aprendizagem em acção.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

TUDO O QUE HOJE PRECISO SABER.....





TUDO O QUE HOJE PRECISO REALMENTE SABER, APRENDI NO JARDIM DE INFÂNCIA


Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância. A sabedoria não se encontra no topo de uma montanha nem no último ano de um curso superior, mas no monte de areia do recreio do Jardim de Infância onde se pode aprender tudo o que é necessário saber na vida. Estas são as coisas que aprendi lá:

1. Partilhar.
2. Respeitar as regras do jogo.
3. Não bater nos outros.
4. Guardar as coisas nos sítios onde estavam.
5. Manter tudo sempre limpo.
6. Não mexer nas coisas dos outros.
7. Pedir desculpa quando se magoa alguém.
8. Lavar as mãos antes de comer e rezar antes de dormir.
9. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem.
10. Respeitar o outro.
11. Levar uma vida equilibrada: aprender um pouco, pensar um pouco... e desenhar.. e pintar... e cantar... e dançar... e brincar... e trabalhar um pouco todos os dias.
12. Tirar uma soneca às tardes.
13. Quando sair,ter cuidado com os carros.
14. Dar a mão e ficar junto.
15. Reparar nas maravilhas da vida.

 Robert Fulghum,1988

PS:
Pegar em qualquer um desses itens, colocar em termos mais adultos e sofisticados e aplicar à nossa vida familiar, ao nosso trabalho, ao nosso grupo de amigos  ou ao nosso mundo  veríamos como ele é verdadeiro, claro e firme. Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertor para uma soneca. Ou se todos tivessem como regra básica devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a confusão ao sair.

Estas são verdades, não importa a idade.

Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos.

domingo, 7 de novembro de 2010

UM DIA EU PERCEBI






Um dia eu percebi
que a vida tem dois lados,
um certo e outro errado,
que a maioria das pessoas têm duas faces,
uma que se pode ver
e outra que conseguem durante anos esconder.

Um dia eu percebi
que existe a alegria e a tristeza,
a feiúra e a beleza,
o bem e o mau,
o incompleto e o total.

Um dia eu percebi
que, de repente, eu posso não estar mais aqui
e quando eu partir
uns vão chorar muito de saudade,
como se a minha partida
tivesse lhes roubado a felicidade.
Outros, na realidade,
vão chorar por um tempo determinado
e rapidamente estará tudo acabado.

Sinto pelos que vão chorar de remorso,
pelos que não me pediram perdão,
pois enquanto eu estive aqui
não tinham mesmo essa intenção.

Esses são os que mais vão sofrer,
muita falta pra eles eu vou fazer,
pois não poderão mais me atormentar
e, também, não poderão se desculpar.

Um dia eu percebi
que o inferno de muitos
pode ser exatamente aqui.

Silvana Duboc

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

HÁ SONHOS IMPOSSIVEIS?

Mas o que torna um sonho importante para mim?
O tempo que ele leva para se realizar?! 
Ou como foi dificil conquistá-lo?
Talvez seja a alegria de vê-lo realizado e o quanto essa alegria vai durar. 
Seja qual for o sonho não importa...  o que importa é a felicidade.
 Não posso esquecer que os seus sonhos estão no lugar certo,  só preciso dar armas certas para o conquistar e criar bons alicerces para os tornar reais e duradouros...

"Muitos dos nossos sonhos ao princípio parecem impossíveis, depois tornam-se improváveis, e então, quando lhes adicionamos a vontade, rapidamente começam a parecer inevitáveis."
Christopher Reeve